Porto recebe navio mais largo de sua história – Bem Paraná

Maersk Lirquen tem 299m de comprimento e 45,20 metros de largura

O Porto de Paranaguá recebeu nesta última sexta-feira (01) o navio de contêineres Maersk Lirquen.  Trata-se do navio com maior boca (largura) a atracar no Porto e com capacidade para 7410 TEUs (unidade de contêiner de 20 pés).

De acordo com a gerente de trade e marketing da Maersk no Brasil, Anna Mendes, esta é a primeira viagem do navio em portos brasileiros. “Este navio integra uma nova classe, a Sammax, composta por 16 navios com até 20% a mais de capacidade e que possuem uma característica especial: são mais largos e menos profundos, adaptados para operar nos portos brasileiros”, disse. No entanto, em função de suas proporções, o Maersk Lirken atraca apenas em Paranaguá, Santos, Sepetiba, Itapoá e Suape. Ele atende a linha da Ásia e a costa leste da América do Sul, passando pelo Brasil, Argentina e Uruguai. Em Paranaguá, o navio fará escalas semanais e nesta primeira operação, foram carregados 2000 TEUs.

O Maersk Lirken faz parte da nova série de porta-contêineres de grande porte que estão sendo implantados pela Maersk Line. Até o final do ano, a empresa presente substituir os navios que operam hoje no serviço ASAS, realizado em parceria com a Hamburg Süd. São navios da classe Sammax, sendo seis deles da Maersk e outros seis da Hamburg Süd.

Em novembro do ano passado, o Porto de Paranaguá recebeu o navio Santa Clara, da Hamburg Süd e que integra a classe Sammax. Foi o maior navio porta-contêineres que já atracou na América do Sul e o maior a atracar em Paranaguá.  O Santa Clara tem 299 metros de comprimento, 43 metros de largura e pode transportar até 7.154 TEU’s . Já o Maersk Lirken também tem 299 metros de comprimento, mas possui 45,20 metros de largura, com capacidade para 7410 contêineres.

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR