Perda de preferência não incomoda Petrobras

Foto Flickr thomas_hobbs

A intenção do governo de eliminar o direito de preferência da Petrobras na aquisição de áreas do pré-sal nos leilões sob o regime de partilha não deve encontrar resistência dentro da estatal. Críticas ao modelo da licitação encontram eco dentro do próprio comando da petroleira, que já fez manifestações públicas contra a sua vantagem nas rodadas de partilha.

Clique aqui e leia a matéria na integra

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR