Exportações para Argentina crescem 33% neste ano – Guia Marítimo

A secretária de Comércio Exterior do MDIC (Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior), Tatiana Lacerda Prazeres informou, na segunda-feira, que as exportações brasileiras para a Argentina apresentaram crescimento maior do que as vendas externas para o mundo, neste ano. O aumento é de 33%, enquanto as vendas aumentaram apenas 31%, segundo informação fornecida durante seminário sobre a “situação atual e perspectivas das relações econômicas Brasil-Argentina”, em São Paulo.

Além disso, a secretária disse que o superávit brasileiro na relação comercial entre os dois países dobrou em 2011, alcançando US$ 3 bilhões. Enquanto que, no mesmo período do ano passado, esse valor era de US$ 1,5 bilhão. Contudo, ela lembrou que a relação entre os países demandam gestão constante, por se tratar de um intercâmbio intenso com questões pontuais. “Nós temos contatos diários com o governo argentino e com o setor privado brasileiro que, em vários casos, se mostram exitosos com liberações de mercadorias e aceleração no prazo de concessão de licenças”, disse.

De acordo com Tatiana Lacerda Prazeres, o crescimento das vendas brasileiras para a Argentina, apesar do aumento do número de produtos sobre regime de licenciamento não-automático – estabelecido pelo governo de Buenos Aires no começo deste ano -, é resultado do “aumento da competitividade dos produtos brasileiros que conseguem, a despeito das dificuldades, ganhar espaço neste mercado.

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR