Empresas e governo debaterão o novo Marco Ferroviário em São Paulo – DCI

São Paulo – Com o objetivo de debater medidas que fomentem o chamado novo Marco Ferroviário brasileiro, cuja meta é ampliar as linhas férreas dos atuais 29 mil para 40 mil quilômetros de extensão até 2020, o Blue Tree Towers Paulista Premium, em São Paulo, receberá nesta sexta-feira (29) um seminário sobre a nova regulamentação aprovada para o setor. A ideia é elencar questões polêmicas entre concessionárias de ferrovias de carga, usuários e governo.A partir da 8h30, os participantes irão discutir em especial as três resoluções recém-baixadas pela Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) que abrem o mercado de ferrovias, acabam com o monopólio em linhas de grande movimento e, acredita-se, forçarão a queda das tarifas já a partir de 2012. – O setor prevê que há mais de 700 obras a serem realizadas pela iniciativa privada, na forma de concessão administrativa, e outras, que levarão à maior competitividade. Para tanto, no entanto, é necessário quebrar oligopólios que atravancam o dinamismo da atividade, acreditam governo e usuários do sistema.
O evento, batizado de Seminário Concessão de Ferrovias – Impactos do Novo Modelo para a Infraestrutura, terá perfil corporativo e abordará as oportunidades que surgirão para as empresas na administração ferroviária com as mudanças ocorridas. Os palestrantes pretendem mostrar os impactos do novo modelo a concessionárias e usuários, e o modo como o governo deve elevar a 32% o transporte de carga movimentado pelas ferrovias. Hoje, os trens detêm 26% do transporte de carga no Brasil.
Promotores
Promovido pela Integra Eventos Corporativos, o evento será na região central da capital paulista, onde os empresários presentes terão acesso à avaliação que a Secretaria Nacional de Transportes faz do atual cenário ferroviário, e as expectativas do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) acerca do novo modelo. Também serão informados, por fim, sobre como a ANTT determinará a regulação dos novos contratos e como a Valec estruturará suas novas licitações.
Estarão presentes no evento ainda representantes de Amsted Maxion, Brado Logística, Associação Brasileira da Indústria Ferroviária (Abifer), Ministério dos Transportes e Associação Nacional dos Usuários do Transporte de Carga (Anut) – esta última, uma das entidades que mais lutou para que as mudanças do Marco Ferroviário fossem implementadas.

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR