Dragagem do Mucuripe está 95% concluída. Porto ainda receberá investimentos de R$ 160 mi – TV Verdes Mares

As obras de dragagem do Porto do Mucuripe estão 95% concluídas, segundo o diretor de Infraestrutura e Gestão Portuária da Companhia Docas do Ceará (CDC), Mário Jorge Cavalcante. Outros investimentos ainda serão realizados.

Dragagem

A dragagem é um processo de aprofundamento. Esta obra irá permitir que navios de maior capacidade cheguem até o Porto do Mucuripe trazendo assim mais produtos. A profundidade do Porto chegará a 14 metros.

Obras dentro do prazo

A obra que começou em setembro de 2010 tem prazo de término em julho deste ano. Segundo Mário Jorge, só resta o acabamento do cais e para isto, a empresa responsável pela obra está trazendo uma draga que não afete a estrutura do Porto.

R$ 54 milhões

O investimento da obra foi de R$ 54 milhões. “Os investimentos atuais permitirão que o Porto do Mucuripe se torne ainda mais competitivo. Nunca o Mucuripe recebeu tanto investimento”, comenta o diretor.

R$ 120 milhões até a Copa

Além das obras de dragagem, o Porto ainda receberá outras mudanças até a Copa de 2014. Será construído um novo terminal com o investimento de R$ 100 milhões e ainda outros R$ 60 milhões do Programa de Aceleração do Crescimento 2 (PAC 2) que serão divididos em R$ 20 para a nova pavimentação do local e R$ 40 para outros investimentos em infraestrutura.

Importação

Os principais produtos que chegam hoje ao Estado são os granéis líquidos (derivados do petróleo), trigos e fertilizantes além de contêineres livres.  Mário Jorge ainda ressalteou que está chegando ao Ceará uma grande quantidade de cimento.

Exportação

Quanto à exportação, os principais produtos que saem do Ceará são frutas e castanhas de caju. “Nossa expectativa é que os investimentos possam aumentar ainda mais a movimentação de cargas e de passageiros’, finalizou o  diretor de infraestrutura.

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR