Vale desvia para Itália supernavio que ia para China – G1

A Vale alterou para Taranto, na Itália, o destino do seu supernavio mineraleiro que partiu do Brasil no dia 24 de maio originalmente com destino à China, levando 391 mil toneladas de minério de ferro. Segundo a empresa, a mudança ocorreu devido a uma necessidade de mercado.’Essa alteração faz parte da flexibilidade da política de logística integrada que permite à Vale realocar o destino das exportações, conforme necessidade de mercado, otimizando a frota de navios e o atendimento da base de clientes’, disse a Vale.
O destino na China seria a cidade de Dalian. O supernavio é o maior mineraleiro do mundo, com capacidade de 400 mil toneladas, 362 metros de comprimento e 65 metros de largura.
Segundo a Vale, a expectativa é de que o primeiro supernavio da mineradora brasileira a atracar na China seja o Vale China, ainda em construção.
Da classe Valemax, o Vale China está sendo construído no estaleiro chinês Rongcheng e é financiado por instituições financeiras chinesas.

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR