Transportadoras não devem ter alta nas taxas de frete no Ásia-Europa – Guia Marítimo

Companhias não conseguem frear excesso de capacidade.De acordo com relatório elaborado pela Alphaliner, as transportadoras marítimas não devem atingir alta nas taxas de frete na rota Ásia-Europa nesta semana porque elas não têm conseguido frear o excesso de capacidade.
Segundo a analista, as tentativas que vêm sendo feitas desde março para aumentar as taxas nessa rota foram totalmente mal sucedidas e provavelmente o aumento previsto para o dia primeiro de julho deverá ser postergado.
As taxas para o mercado spot nos trades da rota Europa – Extremo Oriente ficaram, para todas as transportadoras, abaixo dos níveis de breakeven em março. “Ainda assim, as taxas de frete têm caído continuamente e o número de tentativas para aumentar as taxas nos últimos dozes meses falharam”, afirmou a Alphaliner.
Diversas companhias postergaram em um mês os aumentos de US$ 200 e US$ 300 por Teu (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés) por causa do enfraquecimento da utilização das taxas. Se a postergação para o dia primeiro de agosto for bem sucedida, os aumentos farão com que as taxas se elevem ao mesmo patamar registrado em março. “Ainda assim, algumas transportadoras irão operar com perda”, afirmou a analista.

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR