Santos Brasil estuda leilões e planeja diversificar carga

 

A companhia avalia oportunidades em Santos para além da movimentação de contêineres.

Mesmo com a crise provocada pela pandemia da covid-19, a Santos Brasil, que opera um dos maiores terminais de contêineres do país, planeja participar de novas licitações do governo federal e diversificar sua atuação.

“Estamos avaliando todas as concessões apresentadas. Há terminais de granéis líquidos, granéis sólidos. Temos uma posição de caixa privilegiada e vamos olhar principalmente as licitações no Porto de Santos”, afirmou Antonio Carlos Sepúlveda, presidente da companhia, em teleconferência realizada ontem.

Clique aqui e leia a matéria na integra

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR