Representantes do ES discutem na ANTAQ temas de interesse da comunidade portuária local – Portos e Navios

Representantes políticos e empresários do Espírito Santo reuniram-se na quarta-feira (31) com o diretor-geral da ANTAQ, Fernando Fialho, e o diretor Tiago Lima para discutir temas de interesse estratégico para a atividade portuária no Estado, como a destinação do Cais do Paul e o vencimento de contratos de arrendamento anteriores à Lei N° 8.630.O senador Ricardo Ferraço e o deputado federal Lelo Coimbra lembraram que a utilização eficiente do Cais do Paul é importante para a região. Operadores que movimentam ferro-gusa têm interesse em arrendar o terminal. Por outro lado, os arrendatários do Terminal Portuário do Peiú pretendem expandir-se em direção ao Cais do Paul.
O diretor-geral da ANTAQ informou que a Agência se posicionará em breve sobre a possível licitação da área, depois de receber resposta da Codesa, a quem a diretoria deu 90 dias para manifestar-se sobre a situação do Cais do Paul.
Sobre o vencimento do contrato de arrendamento da empresa Flexibrás, do Grupo Technip Brasil, que movimenta sua produção de tubos flexíveis para a exploração de petróleo e gás, os diretores informaram que a ANTAQ vai posicionar-se, em breve, em atendimento à solicitação judicial.
Os diretores informaram ainda que a Agência se posicionará, em resolução a ser editada ainda neste ano, sobre todos os contratos que, igualmente, foram firmados antes do advento da Lei Nº 8.630.
Estiveram presentes à reunião o presidente da Multilift, Pedro Paulo Carneiro e o diretor industrial da Technip.

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR