Paraguai volta a exportar soja pelo Porto de Paranaguá – A Tribuna

Das 48 mil toneladas de soja que o navio Angelo Della Gatta Uno transportará, 20 mil são provenientes do ParaguaiO primeiro navio que carregará soja do Paraguai no Porto de Paranaguá (PR) depois de oito anos está atracado e se prepara para partir rumo a Israel neste domingo, informou a assessoria de imprensa da Administração dos Portos de Paranaguá e Antonina (Appa).
Das 48 mil toneladas de soja que o navio Angelo Della Gatta Uno transportará, 20 mil são provenientes do Paraguai. O país deixou de exportar soja pelo porto há oito anos devido a políticas públicas do Estado do Paraná que dificultaram o escoamento de cargas, como a proibição do embarque de soja transgênica em 2003, liberado três anos depois.
De janeiro até agora, o Porto de Paranaguá já exportou 5,27 milhões toneladas de soja. O volume é 9% superior ao registrado no mesmo período de 2010. Considerando a exportação de todos os granéis sólidos, o aumento registrado é de 2% no comparativo com o ano anterior, somando 12,63 milhões de toneladas de produtos, segundo comunicado da (Appa).
“Todo o trabalho que temos realizado à frente da administração dos portos de Paranaguá e Antonina é focado na busca de aumentar a movimentação e eficiência dos nossos terminais. Os números tem mostrado que estamos atingindo este objetivo”, afirmou o superintendente da Appa, Airton Vidal Maron.
O próximo embarque de soja paraguaia pelo Porto de Paranaguá está previsto para ser realizado na primeira semana de setembro. A previsão é que, até o final de 2011, sejam escoadas por Paranaguá 100 mil toneladas de soja proveniente do Paraguai. Nos próximos anos, estima-se que seja possível exportar pelo porto até um milhão de toneladas de soja paraguaia, segundo a Appa.

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR