Maersk cancela escalas em Gioia Tauro – Guia Marítimo

A partir de julho, transportadora utilizará Gênova como hub italiano.

A Maersk Line anunciou que cancelará as escalas no Porto de Gioia Tauro, na Itália, a partir de julho. De acordo com o armador, a companhia passará a ter apenas uma rota feeder para o Porto de Gênova.

A Maersk fará o transbordo de contêineres da Ásia para o centro do Mediterrâneo por meio do Terminal Malta, da CMA CGM, por meio do qual ela fará valer o acordo de compartilhamento de embarcações com a transportadora francesa.

Cargas asiáticas para o mercado crescente do leste do Mediterrâneo, particularmente a Turquia e o Mar Negro, serão tocadas para o Terminal de Contêineres do Canal de Suez, que é uma localização mais conveniente e que tem visto o seu número de transbordos aumentar positivamente nos últimos anos.

A Maersk costumava ser o maior cliente de Gioia Tauro, sendo responsável por aproximadamente 25% de seu tráfego de contêineres – que totalizou 2,85 milhões de Teus (unidade de medida equivalente a um contêiner de 20 pés) em 2010. Uniões trabalhistas já afirmaram que cerca de três mil postos de trabalho diretos e indiretos serão eliminados com a saída da Maersk de Gioia Tauro.

Apesar de enfrentar problemas trabalhistas e de baixa produtividade, Gioia Tauro teve aumento nas operações do primeiro trimestre deste ano, saindo de 865 mil Teus movimentados nos últimos três meses de 2010, para 969 mil movimentados nos primeiros meses deste ano.

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR