Maersk apresenta resultados do 1º semestre – Guia Marítimo

Retorno de capital foi de 12,8%, igual a 2010.

A receita do grupo para o período de 01 de janeiro a 30 de junho de 2011 aumentou em 9% para USD 29.9bi (Usd 27.4 bi mesmo período em 2010), devido ao aumento do preço do petróleo e volume de containers transportados. O lucro para o período foi 8% mais alto – USD 2.7bi / USD 2.5 bi em 2010 – afetado positivamente pelo ganho obtido através da venda da unidade de negócios Netto Foodstores Limited. O retorno do capital investido foi de 12,8% (mesmo valor em 2010).

Nils S. Andersen, CEO do grupo, afirma que “graças ao bom desempenho dos terminais e negócios relacionados ao petróleo, o grupo apresentou resultado satisfatório no primeiro semestre do ano. Ele ainda afirma que, com a antecipação do início do ano, o mercado de transporte marítimo acabou sendo difícil devido à capacidade crescente. A expectativa da Maersk é de que o crescimento econômico desacelerado e a volatilidade do mercado devem persistir nos próximos quartis. “Temos a vantagem de possuirmos uma posição financeira sólida para investir em nossos principais negócios e, portanto, nos preparar para um crescimento lucrativo de longo prazo”, complementa.

As atividades de transporte de contêiner tiveram lucro de US$ 0,4 bilhão, contra US$ 1,2 bilhão em 2010, e um retorno do capital investido de 4,5%, contra os 13,9% de 2010. O suprimento da capacidade fez com que o frete fosse reduzido e isso, junto ao aumento do preço do bunker, afetou a margem de lucro no período. O número de contêineres transportados aumentou em 6%, enquanto a média do frete foi 3% mais baixa em relação ao mesmo período do ano passado.

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR