Exportação de tabaco deve aumentar 15% neste ano em Navegantes – Economia SC

A safra de tabaco de 2011 começou a ser exportada no Terminal Portuários de Navegantes (Portonave S/A) no final de junho. A previsão é de que o volume aumente em 15% em relação ao ano anterior.Em 2010, o terminal embarcou 8.881 TEUs (medida equivalente a um contêiner de 20 pés) de tabaco para o exterior. O principal destino da carga é o Norte da Europa: Bélgica, Reino Unido e Alemanha.
O volume movimentado representou 65% do total de tabaco exportado pelo Estado de Santa Catarina e 17% dos embarques no Brasil. O volume representou 65% do total de tabaco exportado pelo Estado de Santa Catarina, consolidando Navegantes como o principal terminal catarinense exportador do produto.
Números
De acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior e da Secretaria de Comércio Exterior (MDIC/SECEX), no ano passado, o Brasil exportou 503 mil toneladas e US$ 2,73 bilhões de tabaco.
O produto totalizou 1,4% das exportações brasileiras, em 2010, e em Santa Catarina o produto representou 11,5% das exportações, enquanto no Rio Grande do Sul o total foi de 11,8%, segundo o Sindicato da Indústria do Tabaco da Região Sul do Brasil (SindiTabaco).
A previsão de aumento nas exportações de tabaco em 2011 deve-se a expectativa de uma comercialização positiva da safra por parte das empresas fumageiras que embarcam as cargas pelo terminal de Navegantes.
Araranguá
A unidade da empresa Alliance One, inaugurada neste ano em Araranguá, possui duas linhas de processamento com capacidade para 70 mil toneladas. Segundo o diretor de Operações, Fernando Limberger, na atual safra a unidade catarinense deverá processar em torno de 50.000 toneladas de fumo. Em 2010 a Alliance One destinou 95% das vendas para o mercado externo.

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR