Evento discute comércio exterior e logística na região portuária – DCI

Santos – Em sua sexta edição, o Fórum Brasil de Comércio Exterior e Logística, que acontece na cidade de Santos retoma as discussões de questões fundamentais para o desenvolvimento do comércio exterior no País, com destaque para a Baixada Santista. Idealizado e organizado pela TVB Band Litoral em parceria com a Associação Brasileira dos Terminais e Recintos Alfandegados (ABTRA), o evento movimenta o espaço Mendes Convention Center e contou com a presença de autoridades, como a presidente das Organizações Sol Panamby, Alaíde Quércia; o secretário de Turismo do Estado de São Paulo, Márcio França; o secretário de Assuntos Portuários de Santos e presidente do Conselho de Autoridade Portuária, Sérgio Aquino; a prefeita de Guarujá, Maria A. de Brito; a prefeita de Cubatão, Márcia Rosa; a presidente da ABTRA, Agnes Barbeiro; a diretora de divisão de Comunicação das Organizações Sol Panamby, Cristiane Quércia e a diretora superintendente da TVB Band Litoral, Claudia Rei.Após os agradecimentos, Alaíde Quércia falou sobre a importância do encontro: “Pelo sexto ano consecutivo realizamos este evento, atualmente considerado um dos mais abrangentes do setor, onde procuramos discutir as importantes informações deste segmento, com a opinião de especialistas. Nosso objetivo é proporcionar o máximo de discussões que colaborem com a integração das cidades portuárias.” “Este evento é de extrema importância para a cidade de Santos, pois discute sua principal atividade econômica, que é a atividade portuária e logística”, explicou Sérgio Aquino, representante do prefeito santista, João Paulo Papa. “Nenhum país consegue ser competitivo apenas com o mercado interno. Falar de comércio exterior é falar da competitividade brasileira”, completou.
Para a prefeita de Cubatão, Márcia Rosa, o debate faz parte da agenda do mundo e frisa uma ação chinesa de destaque para o futuro: “a China está com os olhos abertos para o Brasil. Talvez muito mais que alguns empresários brasileiros. Eles possuem um programa chamado Brasil 2030, com as expectativas do país para os próximos 19 anos, onde se fala da economia brasileira como a quinta maior do mundo. Existe um olhar do mundo para o Brasil, e este muito mais especial para a Baixada Santista. Essa relação importação e exportação é fundamental para todos nós aqui presentes. Os investidores do mundo estão de olho neste Brasil e temos que nos preparar para este boom de desenvolvimento.”
Segundo a prefeita do Guarujá, Maria Antonieta de Brito, é uma grande oportunidade discutir o comércio exterior e a participação da Baixada Santista. “Fizemos diversas missões nos últimos anos para aprender sobre as questões logísticas e de desenvolvimento de diversos países. Neste evento discutiremos essas questões para o futuro. �? importante debater a relevância do Porto de Santos, que movimenta 53% do PIB. Se quisermos alcançar metas é necessário investir em mão de obra e em processos”, define.
“A cada ano o evento recebe mais prestígio”, afirma Agnes Barbeiros, presidente da ABTRA, entidade que congrega as principais empresas portuárias de Santos. Segundo Agnes o objetivo é propiciar discussões e debates, com o intuito de avançar o comércio exterior brasileiro. “Na troca de ideias temos grandes soluções. Vivemos em um setor pujante e esperamos contribuir no avanço de setor tão importante”.
Como representante do governador Geraldo Alckmin, o secretário Márcio França destacou a importância do Porto de Santos para os municípios da Baixada. “O assunto portuário foi elevado a ministério e a partir de então muito se discute. O governador Geraldo Alckmin reafirma o compromisso dos investimentos na ordem quase R$ 3 milhões para importantes ações da região portuária”, disse França.

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR