Empresas pedem reforço. Anvisa envia um agente – A Tribuna

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) reforçou o número de fiscais que atuam nas concessões e renovações das autorizações de funcionamento a empresas do Porto de Santos. A força-tarefa se traduziu no deslocamento de um profissional de São Paulo para Santos, provisoriamente, aumentando de dois para três os agentes envolvidos nesse processo.

As licenças dos terminais portuários precisam ser renovadas todos os anos. O processo, contudo, vinha atrasando mais de dez meses, segundo empresários do setor. A agência admite um atraso de dois meses apenas. O tempo normal é de15 dias.

O atraso ocorre devido à redução gradual na quantidade de trabalhadores no posto santista da agência, segundo o gerente-geral de Portos, Aeroportos, Fronteiras e Recintos Alfandegados da Anvisa, Paulo Coury. “O número de funcionários está diminuindo a cada mês com as aposentadorias dos mais antigos.Com esta curva de crescimento do País, estamos começando a não atender alguns prazos”.

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR