Codesp vai explorar áreas do Saboó

O Cais do Saboó, na Margem Direita do Porto de Santos, terá arrendatários temporários. Eles poderão explorar três áreas por um período de 180 dias, com possibilidade de renovação, até que o Governo Federal licite essas glebas. Para viabilizar a operação transitória, a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp, a Autoridade Portuária de Santos) abriu, nesta segunda-feira (30), um processo seletivo para a escolha das empresas que ficarão responsáveis pelos lotes.

Clique e leia a matéria na integra

COMPARTILHAR 0
COMPARTILHAR 0
COMPARTILHAR
COMPARTILHAR 0