Chuva trava embarques de açúcar em Santos e em Paranaguá – Diário Catarinense

O tempo chuvoso em algumas localidades das regiões Sul e Sudeste vem paralisando os embarques de açúcar nos portos de Santos (SP) e de Paranaguá (PR), os dois que mais movimentam a commodity no país.

De acordo com a SA Commodities, que atua em parceria com a Unimar no ramo do agenciamento marítimo, praticamente desde a última sexta-feira não há embarques do produto nos dois portos.

A situação, no entanto, não causa grandes filas de navios, se comparado com o ano passado, diz Nicolle Monteiro de Castro, da SA Commodities. No Brasil há 60 embarcações – entre as que aguardam ou estão agendadas para chegar até 2 de setembro – para embarcar 1,858 milhões de toneladas de açúcar, sendo que 58 embarcações nos portos de Santos e de Paranaguá.

Na mesma época do ano passado, esse número era de 113 navios em todo o país e com um volume de 3,460 milhões de toneladas de açúcar a serem embarcadas.

Nicolle explica que em agosto deste ano a demanda mundial pelo açúcar brasileiro está menor do que em igual mês de 2010 por causa do preço mais elevado da commodity, mas também devido à ocorrência do Ramadã (jejum islâmico) neste mês, o que fez que o pico da demanda se transferisse para julho, ou seja, um mês antes. “No ano passado, o Ramadã foi em setembro e, portanto, em agosto houve uma grande procura pelo açúcar”, explica.

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR