Portos recebem investimentos para expansão e novas instalações – Guia Marítimo

A CMA CGM, por meio de sua subsidiária Terminal Link, assinou um Memorando de Entendimento com o governo jamaicano para investir US$ 10 milhões na expansão de uma das seções do Terminal de Contêiner de Kingston. Dentre outros projetos, o cais será aprofundado passando a ter 17 metros e gruas maiores serão instaladas. Quando estiver pronto, os franceses irão operar o Gordon Cay Terminal como uma unidade dedicada, sob um contrato de arrendamento de 35 anos.

A Tecplata, subsidiária da ICTSI (International Container Terminal Services), espera iniciar as operações em seu novo terminal, com 850 metros de cais e capacidade para 450 mil Teus, em construção no Porto de La Plata, na Argentina, no decorrer de 2012, dois anos mais tarde do que o planejado. Até lá, a companhia espera ter o controle de todas as operações neste porto, que fica a cerca de 55 km ao sul de Buenos Aires.

O volume total de caixas transportadas nos portos da costa oeste da América do Sul chegou a 5,6 milhões de Teus em 2010, 3% a mais que ao longo do ano anterior, mas ainda significativamente abaixo dos números de 2008. Enquanto o Chile, com 11%, o Equador, com 5%, e a Colômbia, com 2%, aumentaram seus números com volumes respeitosos, o Peru caiu 15% devido a uma grande perda em seu principal porto, Callao.

Enquanto o Chile teve bom desempenho em quase todos os portos, ultrapassando os números de 2008, com declínio de 26% no porto de São Vicente, que continua tendo forte queda. No Equador, o rendimento no porto de exportação de bananas em Guayaquil continua a crescer, principalmente com os custos de embarcações refrigeradas. Por outro lado, o Esmeraldas, no norte do país, perdeu mais de 90% em negócios.

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR