Obras do Terminal Logístico do Grupo Nobel começam – Guia Marítimo

As obras do Terminal de Transbordo Ferroviário de Açúcar do Grupo Nobel Brasil S.A. já começaram. O prefeito de Votuporanga, Junior Marão, esteve no local das obras, acompanhado por representantes da Usina Nororeste Paulista, ligada ao Grupo Noble. “Este é um grande projeto que além de gerar empregos diretamente vai contribuir muito para o desenvolvimento do município”, afirmou o prefeito.A previsão é de que as obras sejam concluídas até maio de 2012. O terminal terá capacidade estática de 75 mil toneladas e deve movimentar no primeiro ano mais de um milhão de toneladas de açúcar, com potencial para atingir até 2,5 milhões de toneladas. O empreendimento está sendo construído em uma área de 13 hectares, adquirida pelo Grupo Noble Brasil, fica localizada próxima à ferrovia que corta o município, em uma estrada que dá acesso à Rodovia Euclides da Cunha (SP-320) e a Estrada Vicinal “Adriano Pedro Assi”. O investimento chegará a R$ 45 milhões.
Atualmente, são cerca de 100 funcionários trabalhando na construção do Terminal de Transbordo. Após concluído, o empreendimento vai gerar empregos diretos e indiretos, principalmente pela demanda para estruturação de todo o setor como, por exemplo, empresas de transporte rodoviário, contribuindo significativamente também para a geração de empregos indiretos.
O principal benefício do Terminal de Transbordo Ferroviário de Açúcar é o escoamento da produção de açúcar de toda região. A operação intermodal consistirá na captação da carga por rodovia nas usinas instaladas em um raio de 50 quilômetros e que será transportada pelos os trens da ALL (América Latina Logística) de Votuporanga até o porto de Santos.
A instalação do terminal em Votuporanga foi definida pela Noble após estudo detalhado da região, que concentra grande parte de suas usinas, e também às boas condições das estradas de acesso ao terminal, ligado estrategicamente à ferrovia. Além disso, a empresa encontrou total apoio e incentivo por parte da Prefeitura, por meio de sua política de incentivo para captação de novas empresas.

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR