Governo estuda iniciar RenovAr pelo cais santista – A Tribuna

Os caminhoneiros autônomos do Porto de Santos poderão ser os primeiros a comprar carretas novas por meio de uma linha especial de financiamento do Governo Federal. Nada está garantido por enquanto, mas se o projeto se concretizar da formacomo é pensado, a categoria terá isenção de impostos para a compra de veículos especiais, adaptados a suas necessidades, e pagará em prazos longos.A modelagem do chamado Plano Nacional de Renovação da Frota de Caminhões (RenovAr) ainda está em estudo. O Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC) demonstrou apoio ao projeto, que começaria por Santos e depois se espalharia pelos demais portos brasileiros.
Nesta quinta, representantes da pasta federal estiveram em Santos e Guarujá para conhecer a realidade da região. O MDIC coordena um grupo técnico formado há duas semanas para tornar o projeto viável. Também fazem parte dessa equipe representantes da Prefeitura de Santos, da Companhia Docas do Estado de SãoPaulo (Codesp), da Secretaria de Portos (SEP) e da Confederação Nacional dosTransportes (CNT).
Ainda não há uma definição sobre a origem dos recursos. Segundo o analista de Comércio Exterior da Secretaria de Desenvolvimento da Produção do MDIC, Celso Teixeira Cordeiro, que esteve ontem em Santos, com base nos dados levantados na visita, será traçado um plano de trabalho, que inclui a convocação, por exemplo, do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). O banco pode ser uma fonte de financiamento. �??Sabemos das dificuldades, mas apenas na teoria. Viemos ver inloco�?�,explicou.
Questionado se o BNDES já teria esboçado uma participação no plano, Cordeiro disse que �??não, ainda não tem nada (de concreto) em relação a este projeto�?�.

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR