Dragagem do porto do Mucuripe concluída até o dia 30 – Diário do Nordeste

O terminal passará pela troca de toda a sua pavimentação por um piso industrial mais adequado e compatível

A previsão é do presidente da CDC, Paulo André Holanda, que informou ainda novos investimentos no Porto

A dragagem (retirada de areia do fundo do mar) do Porto do Mucuripe já está praticamente pronta. Faltando apenas 2% do total da obra para a conclusão dos trabalhos, a expectativa é de que o serviço seja entregue até o dia 30 deste mês. Até lá, a Companhia Docas do Ceará (CDC) já dá encaminhamento às obras chamadas de pós-dragagem, ou seja, mudanças necessárias na área portuária para poder receber os navios de maior porte, possibilitada pelo aprofundamento do calado porto de 10,5 para 14 metros.

Nesta etapa, mais R$ 60 milhões, com recursos oriundos da Secretaria Especial dos Portos (SEP), foram investidos no local, além dos R$ 61 milhões referentes à dragagem.

Segundo o presidente da CDC, Paulo André Holanda, todo o canal de acesso, a bacia de evolução e a área da Praia Mansa já foram dragadas. “Falta apenas dragar os berços de atracação e o píer petroleiro”, explica. “O trabalho é lento. A draga trabalha, mas quando chega algum navio ela tem que sair. Além disso, ela não pode encostar muito no cais para não causar problemas estruturais no local”, emenda.

Obras complementares

Ao mesmo tempo, detalha Holanda, a CDC trabalha nas obras de pós-dragagem, que incluem as mudanças das defensas, espécie de amortecedor para as embarcações quando estas atracam no cais; o reforço do cais comercial para poder receber os novos guindastes; e a troca de toda a pavimentação do porto por um piso industrial mais adequado e compatível com a futura movimentação.

“Com o avanço dos navios, com embarcações mais modernas, em cinco anos iríamos ficar para trás. Agora, com a nova profundidade, poderemos receber os do tipo pós-panamax. Quer dizer, navios com características tais como 12,5 metros de calado, 300 metros de cumprimento, 45 metros de largura e de até 100 mil toneladas (o dobro da capacidade atual), podendo comportar quatro mil contêineres”, destaca o presidente da CDC.

A dragagem do porto cearense é esperada desde 2008, com a conclusão anteriormente prevista para março deste ano. O prazo chegou a ser alterado para junho, com a entrega do serviço sendo, agora, prometida para o fim deste mês. Os recursos aplicados são provenientes do Programa Nacional de Dragagem da SEP, com recursos do Plano de Aceleração do Crescimento.

O Porto do Mucuripe ocupa uma área de 27 hectares (incluindo os 15 hectares da Praia Mansa) e deve sofrer profundas transformações até 2014. O equipamento passará por obras de infraestrutura com o objetivo de proporcionar sua consolidação também no setor do turismo.

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR