Antaq participa de reunião sobre acordo Uruguai-Brasil em Montevidéu – A Tribuna On-line

O gerente de Desenvolvimento e Regulação da Navegação Interior da Agência Nacional de Transporte Aquaviário (Antaq), Adalberto Tokarski, participou, nos últimos dias 7 e 8, em Motevidéu (Uruguai), da VII Reunião de Alto Nível para a Nova Agenda de Cooperação e Desenvolvimento Fronteiriço Uruguai/Brasil. Além do encontro, Tokarski representou a Agência no encontro de especialistas uruguaios e brasileiros para discutir a formação da secretaria técnica sobre transporte fluvial e lacustre na Hidrovia Uruguai-Brasil.Para ser aprovado, o acordo entre Uruguai e Brasil precisa passar pela anuência dos dois governos. A parte uruguaia da parceria está no Senado uruguaio. Já os termos brasileiros estão no Poder Executivo, que deve enviá-los para o Congresso Nacional até o fim do ano.
Os especialistas discutiram obras de dragagem, balizamento e sinalização na Hidrovia Uruguai-Brasil. �??O projeto de dragagem está avançando na parte brasileira, o que é fundamental, pois possibilitará a navegação plena desde o Uruguai até o Brasil�?�, destacou Tokarski.
A futura secretaria técnica, informou o gerente, pretende discutir diversos assuntos da Hidrovia Uruguai-Brasil. Entre eles estão: plano diretor, regulamentação da navegação, segurança aduaneira, licença ambiental, tráfego, implantação de terminais e concessões.
A Hidrovia Uruguai-Brasil terá 2.200km de extensão e passará no Brasil pelas lagoas dos Patos e Mirim, as duas no Rio Grande do Sul, e, pelo Uruguai. Tokarski complementou que estão previstos recursos no Programa de Aceleração de Crescimento (PAC 2) para construção e ampliação de terminais hidroviários, que facilitarão a logística na hidrovia.

Compartilhar no facebook
COMPARTILHAR
Compartilhar no google
COMPARTILHAR
Compartilhar no twitter
COMPARTILHAR
Compartilhar no linkedin
COMPARTILHAR